quarta-feira, 27 de junho de 2007

Quem nasce bambi morre bambi.


Diante dos boatos que um atleta de um grande clube de São Paulo assumiria ser homossexual em um um programa de TV, o vice-presidente do Palmeiras, José Cyrillo Júnior, cometeu um deslize ao ser perguntado se seria um jogador do clube alviverde durante entrevista ao Debate Bola, da Rede Record.

Ao responder, Cyrillo comentou sobre o jogador são-paulino Richarlyson e causou polêmica. O atleta quase foi jogar no Palmeiras no passado, mas acabou fechando com o clube tricolor.
Em contato com o Terra, a assessoria do São Paulo afirmou que estuda o caso e que o jogador não vai se pronunciar sobre o assunto.
A rivalidade entre os dois clubes teve como último capítulo a briga pela punição de Edmundo. Após a última partida entre ambos, o São Paulo pediu e foi atendido em relação a uma punição contra Edmundo, por uma entrada no zagueiro Miranda.
Na semana seguinte, o Palmeiras denunciou o são-paulino Marcel também por agressão, mas a Justiça desportiva absolveu o jogador.
(fonte:terra.com.br)

Um comentário:

Danillo disse...

aff o gremio fala tanto do spfc que é bambi e etc.vcs são todos queimadores de roscas seus gauchos
gaymioooooooooo